Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Pescadores suspendem atividade durante a piracema; período vai até 29 de fevereiro

Pescadores suspendem atividade durante a piracema; período vai até 29 de fevereiro

por cmf publicado 18/11/2019 12h43, última modificação 18/11/2019 12h43
Segundo o biólogo, Wilson Júnior, do Ibama, a medida é importante para proteger cardumes que nadam contra a correnteza para realizar a desova.
Pescadores suspendem atividade durante a piracema; período vai até 29 de fevereiro

Piracema vai ate 29 de fevereiro 2020

Pescadores suspendem atividade durante a piracema; período vai até 29 de fevereiro

Segundo o biólogo, Wilson Júnior, do Ibama, a medida é importante para proteger cardumes que nadam contra a correnteza para realizar a desova.

Por G1 Tocantins

 

Pescadores profissionais deixam de pescar por causa da piracema

A piracema começou no dia 1° de novembro e vai até o dia 29 de fevereiro. Neste período fica proibido a pesca profissional. É permitido apenas para consumo próprio e com anzol sem fisga. O pescador recebe durante a piracema o seguro defeso que é uma indenização do Governo Federal. (Veja vídeo acima)

Segundo o pescador Moisés Mota, o seguro é baixo, e ele reclama do período em que não pode praticar a atividade profissional. “Para falar verdade, o que se faz hoje com um salário mínimo, do seguro defeso? Para nós seria muito melhor se não tivesse”, af

Segundo o biólogo, Wilson Júnior, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o período da piracema é importante para proteger cardumes que nadam contra a correnteza para realizar a desova.

“Esse período visa sempre a renovação dos estoques pesqueiros em nossa região. Segundo o decreto 6.514/2008, a multa hoje é de R$ 700 a 110 mil, e o aumento de R$ 20 por kg de pescado”, alerta Júnior sobre a pesca profissional nesse período de piracema.

Piracema vai 29 de fevereiro  — Foto: Reprodução/TV Anhanguera Piracema vai 29 de fevereiro  — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Piracema vai 29 de fevereiro — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Seu Moisés Mota está preocupado porque os peixes vêm desaparecendo do lago de Palmas nos últimos anos. “Para se pegar um peixe aqui a gente tem que andar, subir ou descer o lago, porque aqui mesmo não temos como pegar, pois, está todo poluído", explica.

A reportagem procurou o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para saber sobre o valor do seguro defeso e aguarda um retorno.

Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.